Política de Cookies

Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, registo e recolha de dados estatísticos.
Ao prosseguir a navegação com cookies ativos está a consentir a sua utilização.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pela SPGM.Saiba mais

Compreendi
SPGMSPGM

Notícias

1.600 milhões euros para PME na Linha Capitalizar 2018 com Garantia Mútua

2018-07-23
O IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação, a PME Investimentos, a SPGM – Sociedade de Investimento, as Sociedades de Garantia Mútua – Norgarante, Lisgarante, Garval e Agrogarante, e as principais Instituições de Crédito nacionais celebraram um protocolo para criação da nova Linha Capitalizar 2018, destinada a apoiar micro, pequenas e médias empresas ou outras empresas com volume de negócios igual ou inferior a 150 milhões de euros e que não integrem grupos empresariais cuja faturação consolidada seja superior a 200 milhões de euros. 

Esta nova Linha de Crédito Capitalizar 2018, com Garantia Mútua, tem uma dotação de 1.600 milhões de euros, distribuídos por cinco linhas específicas: a "Linha Micro e Pequenas Empresas” – até 450 milhões de euros para melhorar as condições e facilitar o acesso ao crédito às Micro e Pequenas Empresas; a "Linha Indústria 4.0/Apoio à Digitalização” – até 100 milhões de euros para melhorar e facilitar o acesso ao crédito às empresas que desenvolvam, produzam ou adquiram soluções tecnológicas no âmbito da Indústria 4.0 – Apoio à Digitalização; a Linha "Fundo de Maneio” – até 700 milhões de euros para apoiar necessidades de Fundo Maneio restringidas em outras Linhas de Crédito do Programa Capitalizar, a Linha "Plafond de Tesouraria” – até 150 milhões de euros para induzir a oferta de crédito na modalidade de plafond de crédito em sistema de revolving conferindo maior flexibilidade à gestão de tesouraria e a "Linha Investimento” – até 200 milhões de euros, distribuídos proporcionalmente, por uma "Dotação Projetos 2020” para financiamento de investimentos elegíveis no âmbito dos projetos Portugal 2020, aprovados e contratados, e uma "Dotação Geral”, para financiamento de investimento novo e aquisição de partes sociais.

Com cobertura de garantia de 50% a 70% do capital em dívida, montantes de financiamento entre 50 mil e 2 milhões de euros por empresa e prazos de operação, que variam entre 1 e 10 anos, a Linha de Crédito Capitalizar 2018 destina-se a garantir que as empresas possam continuar aceder a crédito bancário em condições mais favoráveis.

Para isso, os spreads máximos são ainda mais atrativos e a comissão de Garantia Mútua continua a ser bonificada a 100% nas operações de investimento, nomeadamente, nas operações da Linha Micro e Pequenas Empresas e da Linha de Investimento. 

Os pedidos de financiamento poderão ser apresentados ao balcão dos bancos aderentes a partir do dia 31 de julho 2018.

Consulte o documento de divulgação para obter todas as informações sobre a Linha Capitalizar 2018.


Ver todas as noticias